Marque Connosco
Veterinários Sobre Rodas
Cio e Gestação em gatas

Gatas e cadelas, tal como nós humanos, tem um ciclo reprodutivo. Este ciclo é diferente para cada animal e tem demonstrações físicas também dispares. O ciclo reprodutivo pode levar a gestação. Hoje falaremos tanto de cio como de gestação em gatas.

 

Cio em gatas

Nos felinos fêmeas o primeiro cio pode surgir a partir dos 6 meses (até cerca dos 10 meses). Esta altura determina o início da puberdade e fertilidade da gata. Alguns fatores que fazem variar o início do cio são:

  • Peso: deverá ter no mínimo, aproximadamente, 2,5kg para entrar em cio.
  • Raça: fêmeas de pelo curto (siamês) podem entrar em cio primeiro do que fêmeas de raça de pelo comprido (persa).
  • Fatores externos: a presença de um macho não castrado ou os dias com mais horas de luz (verão) podem incitar um início de cio mais cedo.

O cio das fêmeas pode ter intervalos de 2/3 semanas na altura de verão quando os dias são maiores, e ir até as 6 semanas de intervalo no inverno.

 

Sinais de cio numa gata

Para detetar que a sua gata está em cio há alguns sinais evidentes na mudança do comportamento da mesma:

  1. Miados mais intensos e mais persistentes;
  2. Roçar-se em tudo;
  3. Rebolar mais vezes no chão;
  4. Quando lhe tomar ficara rígida;
  5. Pode ficar particularmente mimada;
  6. Poderá tentar fugir;
  7. Pode urinar fora da caixa de areia para atrair os machos com o cheiro.

 

E os gatos machos?

Os gatos machos não tem cio da mesma forma que as fêmeas. Ficam férteis a partir dos 6 meses também, mas não tem demonstração de cio idêntico. Eles apenas reagem aos cios das fêmeas.

Ou seja, se houver fêmeas nas proximidades ele vai reagir ao cio das mesmas consoante o intervalo de tempo entre os cios, que são maiores no inverno e menores no verão. Tendo isto em conta, o seu gato deverá ser mais ativo no verão.

Os sinais de que o seu gato macho está a reagir a um cio da alguma gata nas proximidades são:

  1. Marcação de território (pequenas quantidades de urina, na forma de spray, em moveis, paredes e todo o tipo de superfícies verticais – odor mais desagradável);
  2. Maior agressividade com gatos machos;
  3. Fugir de casa.

Se não pensa em reproduzir, a melhor forma de impedir atitudes indesejadas, ou ninhadas inesperadas é a castração. Se o seu animal tem algum destes sinais ou quer esclarecer alguma dúvida contacte-nos, iremos até ao conforto de sua casa para o ajudar a lidar melhor com estas situações!

Precisa da nossa assistência?

Ups! Não castrou a sua gata e agora acha que pode estar grávida? Podemos ajudar!

Marque uma consulta!

Claro que pudemos! Siga a leitura para tirar algumas dúvidas. Mas não se esqueça, nenhum animal é igual e o melhor é marcar uma consulta com o veterinário, para avaliarmos a sua peluda e traçarmos um plano de seguimento.

 

Gestação em gatas

Ter gatinhos é muito emocionante, tanto para si como para a sua gata, mas é também stressante e dispendioso. Recomendamos que deixe a criação para os especialistas, e previna através da castração, alguma gestação indesejada.

A gravidez de uma gata pode durar entre, aproximadamente 60 a 70 dias. Se não souber quando foi o dia do acasalamento (se houve apenas uma) é complicado perceber se a sua gata está gravida ou não, até sinais físicos estarem presentes. Estes sinais podem ser identificados após duas ou três semanas da fecundação.

 

Sinais de gestação numa gata:

  • Após aproximadamente 15 dias de gravidez, pode notar os mamilos da sua gata maiores e mais vermelhos;
  • A barriga começará a aumentar de tamanho a partir do primeiro mês. Evite tocar com força para não magoar nem a sua gata nem os seus bebés;
  • Ganhara gradualmente entre 1 a 2 kg;
  • Aumento de apetite;
  • Pode ficar mais maternal, ronronar mais e procurar mais carinho e atenção.

Qualquer destes sinais não são específicos de gestação. Por isso, se não tem a certeza que a sua gata esta grávida, consulte um médico-veterinário. Tendo a confirmação da gestação, sinais clínicos a que deve estar atento são: sangramento, diarreia, desmaios e perda de peso. Se notar estes, ou outros sinais não normais, convém o veterinário verificar o estado da sua peluda.

A confirmação da gravidez pode ser feita pelo médico-veterinário, através de ecografia a partir dos 15 dias de gestação. A partir do 40º dia de gravidez já pode ser possível dizer o número de gatinhos (embora sempre de forma aproximada). Como em todas as gestações na mulher, a da sua gata também deve ser acompanhada periódicamente por um veterinário.

Deve ser feita ecografia (e raio-x se necessário) de forma regular para sabermos que está tudo bem com os bébés. Perto da altura do nascimento dos gatinhos torna-se ainda mais importante esta visita, com a finalidade de poder entender se extistirá alguma dificuldade no parto.

 

Como proceder no parto de uma gata?

A partir do dia 60 temos de preparar tudo para o parto. Por norma, as gatas procuram lugares isolados, quentes, tranquilos e com pouca luz (garagem ou sótão por exemplo). Depois de percebermos onde será, vamos tentar tornar tudo o mais tranquilo possível:

  • Use uma caixa de papel ou uma cama com mantas. Tenha em conta que se manchará de fluidos e sangue, por isso é melhor não ser a cama onde costuma dormir.
  • Deve deixar água e comida no local. Se a caixa de areia for longe, leve também. A felina não vai querer se separar dos bebes, muito menos se for uma casa com muitas pessoas.
  • Mesmo após o parto, vai ser um local que ela vai ficar pelo menos até os bebés abrirem os olhos (15 dias). Devido a isto, evite levar os filhotes para sítios com muita luz ou tirar fotografias com flash.

 

Indícios de parto iminente:

  1. Mudança de comportamento: inquieta, mexe-se muito, lambe os genitais;
  2. Jejum umas horas antes do parto;
  3. Pode avisá-lo (miando e chamando a sua atenção) que se aproxima o momento. Pode também se retirar sozinha sem avisar. Deve respeitar, principalmente no primeiro parto, mas fique sempre atento durante o parto para caso surja algum imprevisto;
  4. Contrações: espasmos na barriga que se repetem com poucos minutos de diferença;
  5. Expulsão do tampão mucoso pela vulva (quase como o rebentar de aguas das mulheres);
  6. Temperatura corporal inferior.

 

Parto

As gatas costumam ter os seus filhotes sem qualquer problema, no entanto, prepare o número do médico-veterinário de urgência para caso haja algum contratempo.

Após a expulsão do tampão mucoso podem passar minutos ou horas antes de sair o primeiro bebé. Entre a saída de cada filhote passam-se alguns minutos, mas podem sair todos seguidos. A mãe limpa os filhotes e com os dentes corta o cordão umbilical.

Caso note que a mãe não esta a conseguir fazer esta limpeza a todos os animais ajude com uma toalha limpa e húmida. No final do parto, após a expulsão de todos os gatinhos, irá sair a placenta. Se não sair, é motivo para contactar o seu médico-veterinário. A placenta é uma fonte muito grande de nutrientes necessários após o parto, por isso a sua gata vai comê-la instintivamente.

O parto pode demorar várias horas. Se nota que há alguma dificuldade em expulsar um bebé ou se ficou algum dentro da barriga, não hesite em contactar o veterinário para o ajudar a solucionar este problema. Pode provocar a morte da sua gata.

Não se assuste se reparou que a sua gata tem filhotes de várias cores e/ou fisicamente um pouco diferentes. A sua gata pode ficar grávida de mais do que um macho na mesma gestação.

Agora que já sabe um pouco mais acerca destes dois tópicos tão importantes e se notou algo de diferente, ou quer apenas tirar dúvidas, contacte-nos! Iremos até ao sossego da sua casa avaliar a sua peluda!

Marque uma consulta ao domicílio!

Estamos ansiosos por conhecer os seus gatinhos bebés!

Marque uma consulta!

Artigos Relacionados

Serviços de Veterinário em Casa

Serviços de SPA Sobre Rodas

Quero marcar um banho ou tosquia ao domicílio
Quero marcar um serviço de Creche Canina
Quero marcar uma consulta em Clínica

Conseguiram tratar da minha pequenina que tinha muito medo, e estando em casa está no seu habitat natural!

Fábio Teixeira
ver vídeo
Fábio Teixeira

Excelente consulta ! A gata precisava de ser vacinada e resolvi o meu problema !

Margarida Franco
ver vídeo
Margarida Franco

Onde atuamos

Oferecemos um serviço veterinário profissional para o seu animal de estimação, no seu ambiente natural: a sua própria casa.
Deslocamo-nos em toda a área de:

Grande Lisboa
Ericeira
Mafra
Margem Sul
Setúbal
Carregado
Samora Correia
Benavente
Grande Porto
Vila Nova de Gaia
Matosinhos
Maia
Póvoa de Varzim
Vila do Conde
Braga
Guimarães
Famalicão
Aveiro
Ovar
Oliveira de Azemeis
SJ Madeira
Lagos
Portimão
Silves
Armação de Pera
Albufeira
Quarteira
Loulé
Faro
Olhão
São Brás de Alportel
Tavira
Algoz
Veterinário ao Domicílio

Fale connosco, nós vamos até si!

Usufrua dos nossos serviços veterinários no conforto da sua casa. Conheça os nossos serviços e marque já!