Marque Connosco
Veterinários Sobre Rodas
Hérnia Discal em cães e gatos

O que é uma hérnia discal em cães e gatos? 

A coluna vertebral é composta por vértebras que, na sua maioria, são separadas por discos intervertebrais. Estes discos têm como função proporcionar flexibilidade à coluna vertebral e protegê-la, em certo grau, de traumatismos. 

A hérnia discal é a deslocação parcial ou total de um disco intervertebral, levando à compressão da medula. As causas para esta patologia podem ser traumáticas (quedas, atropelamentos, entre outros) ou degenerativas (idade avançada, doenças congénitas). Existe uma classificação para esta doença: 

  • Hérnia discal de Hansen Tipo I: quando há um processo degenerativo do disco intervertebral, que leva a rutura do anel fibroso do mesmo, onde o núcleo pulposo, que está agora calcificado, vai para o interior do canal vertebral, ficando a comprimir a medula espinhal. É mais comum em raças condrodistróficas e a partir dos 3 anos, embora pode ocorrer em qualquer raça e em animais jovens; 
  • Hérnia discal de Hansen Tipo II: idêntico ao anterior, contudo o núcleo pulposo, que mineraliza com a idade, vai lentamente para o interior do canal vertebral comprimindo a medula espinhal e causando dor. Comum e típico de animais idosos, de qualquer raça; 
  • Hérnia discal de Hansen Tipo III: por traumatismo em animais saudáveis. 

Sendo uma doença comum em cães, não é exclusiva. Deve também estar atento ao seu felino. 

 

Sinais Clínicos de Hérnia Discal em cães e gatos? 

Os sinais clínicos podem variar dependendo do disco intervertebral afetado e do nível de comprometimento do mesmo. Contudo as alterações mais comuns são:

  • Dor, que piora na palpação; 
  • Relutância ao movimento de forma geral, ou especificamente de uma área do corpo;
  • Desequilíbrio; 
  • Sensibilidade reduzida nos membros; 
  • Perda de massa muscular em situações crónicas; 
  • Incontinência urinária e/ou fecal; 
  • Paralisia. 
hérnia discal em cães

Diagnóstico de Hérnia Discal em cães e gatos? 

A execução de um bom exame neurológico pode nos indicar onde se encontra a lesão, região cervical, torácica ou lombar. Contudo, apenas exames complementares de imagiologia é que confirmam o diagnóstico, e indicam com exatidão o espaço intervertebral afetado. 

A radiografia é um método amplamente utilizado devido a sua facilidade de uso, disponibilidade por praticamente todas as clínicas e hospitais, e baixo custo. É suficiente para diagnosticar uma discopatia ou descartar a presença de outras alterações, mas não é possível confirmar a presença de uma hérnia discal.

A mielografia é também um exame amplamente disponível, onde é usado um meio de contraste para localizar melhor a lesão. Este exame pode ser suficiente para um animal seguir para cirurgia, contudo existem alguns problemas técnicos que podem comprometer a qualidade do exame e o diagnóstico. 

A ressonância magnética (RM) ou tomografia computorizada (TAC) são os exames complementares de maior precisão dando uma imagem nítida e em três dimensões da lesão. Em alguns casos, o animal não pode seguir para cirurgia sem ser previamente submetido a uma destas técnicas.

O diagnóstico feito com a RM ou TAC é sempre mais correto e permite uma melhor opção terapêutica, seja ela conservativa ou cirúrgica. O prognóstico é também mais conciso. Como ainda são de difícil acesso e dispendiosos, o seu uso não é rotineiro. 

Os exames laboratoriais são sempre requeridos para controlar o estado físico do animal, seja ou não necessário a sedação/anestesia muitas vezes necessárias nestes casos. 

 

Tratamento de Hérnia Discal em cão e gato? 

O objetivo final é recuperar a qualidade de vida do animal e em alguns casos a sua capacidade de andar. O tratamento para a hérnia discal pode ser médico/conservativo ou cirúrgico. A escolha vai depender da dor que o animal apresenta, se têm capacidade de andar ou não, e do tempo passado desde o início dos sinais clínicos. 

O tratamento médico baseia-se na administração de anti-inflamatórios, relaxantes musculares e analgésicos, contudo o grande foco do tratamento é a restrição de movimentos (repouso). Muitas vezes deve ser feita em jaula. Quanto mais quieto o animal está, melhor e mais rápida é a recuperação. Pode ser aplicado gelo no local da lesão e efetuada uma massagem para promover a circulação sanguínea. 

O tratamento cirúrgico serve para descomprimir a medula e retirar o material herniado e danificado. Existem várias técnicas possíveis que serão escolhidas consoante cada caso e experiência do cirurgião. O repouso pós-cirúrgico é também, nestes casos, de extrema importância. 

A acupuntura e fisioterapia são cruciais na recuperação de muitos animais e devem ser sempre consideradas. Apesar do repouso, a fisioterapia tem muitos benefícios, mas deve ser efetuada criteriosamente e por um profissional. 

 

Prognóstico 

O prognóstico em qualquer dos casos vai depender do estado do animal inicialmente, de quantas horas o animal se encontra com as alterações e do tratamento efetuado. Quanto mais rápido identificar os sinais clínicos e procurar ajuda, maior é a probabilidade de uma melhoria significativa.

Reconhece estes sintomas?

Agende já uma consulta para o seu animal de estimação!

Marque uma consulta!

Artigos Relacionados

16 Dezembro 2021 Doenças Melanoma em animais

Serviços de Veterinário em Casa

Serviços de SPA Sobre Rodas

Quero marcar um banho ou tosquia ao domicílio
Quero marcar um serviço de Creche Canina
Quero marcar uma consulta em Clínica

Conseguiram tratar da minha pequenina que tinha muito medo, e estando em casa está no seu habitat natural!

Fábio Teixeira
ver vídeo
Fábio Teixeira

Excelente consulta ! A gata precisava de ser vacinada e resolvi o meu problema !

Margarida Franco
ver vídeo
Margarida Franco

Onde atuamos

Oferecemos um serviço veterinário profissional para o seu animal de estimação, no seu ambiente natural: a sua própria casa.
Deslocamo-nos em toda a área de:

Grande Lisboa
Ericeira
Mafra
Margem Sul
Setúbal
Carregado
Samora Correia
Benavente
Grande Porto
Vila Nova de Gaia
Matosinhos
Maia
Póvoa de Varzim
Vila do Conde
Braga
Guimarães
Famalicão
Aveiro
Ovar
Oliveira de Azemeis
SJ Madeira
Lagos
Portimão
Silves
Armação de Pera
Albufeira
Quarteira
Loulé
Faro
Olhão
São Brás de Alportel
Tavira
Algoz
Veterinário ao Domicílio

Fale connosco, nós vamos até si!

Usufrua dos nossos serviços veterinários no conforto da sua casa. Conheça os nossos serviços e marque já!