Marque Connosco
Veterinários Sobre Rodas
Otohematoma em animais de estimação

O que é um Otohematoma em cães e gatos?

O otohematoma é uma acumulação de líquido, sangue e outras secreções entre a pele e cartilagem da orelha. É maioritariamente uma causa secundária de uma patologia primária, usualmente otite.

O abanar de cabeça constante ou o coçar com as unhas em situações de otite, podem provocar a rutura de pequenos vasos no interior da orelha, dando origem a um otohematoma. Outras causas primárias como ácaros, pulgas, dermatite atópica, mordeduras ou corpos estranhos, também podem originar esta acumulação de líquido na orelha. 

É uma patologia que pode ocorrer em qualquer animal, de qualquer sexo ou idade, porém há uma maior tendência para ocorrer em canídeos, e nestes a maior prevalência é em animais de orelhas pendulares. Contudo, qualquer animal pode ter de um otohematoma. Não é contagioso, a castração não influencia a prevalência, e não é uma situação emergencial, contudo deve ser tratada com brevidade. 

 

Sinais Clínicos de um Otohematoma em animais:

O otohematoma tem como sinal clínico a presença de um inchaço uni ou bilateral da(s) orelha(s). Inicialmente tem uma consistência macia e flutuante (devido ao líquido no interior), porém se ficar sem tratamento por muito tempo, pode desenvolver deformações permanentes no pavilhão auricular (expessamento do mesmo e deformações cicatriciais). 

Devemos estar atentos aos sinais clínicos das patologias primárias, para evitar o aparecimento de um otohematoma, principalmente: abanar de cabeça constante, prurido local, dor, eritema, entre outros. 

 

Diagnóstico de Otohematoma em animais

O diagnóstico faz-se pela visualização de uma tumefação no pavilhão auricular, e fazendo punção (com agulha e seringa) da mesma e avaliação do conteúdo. O mais importante é diagnosticar a causa primária e tratar devidamente a mesma. 

Otohematoma em cocker spaniel

Tratamento do Otohematoma em animais

Trata a causa primária é crucial para um bom tratamento e prognóstico de otohematoma. O otohematoma em si pode ser tratado através de: 

  • Drenagem: com agulha e seringa é drenado o conteúdo e realizado pensos compressivos, por norma numa base diária que vai sendo espaçada consoante a evolução. É um método mais demorado, mas não requer anestesia geral; 
  • Cirurgia: é realizado um corte e drenagem do líquido, de seguida é feita uma sutura específica, que promove drenagem constante e ao mesmo tempo uma cicatrização da pele com a cartilagem com a finalidade de fechar o espaço morto que foi criado entre estas. É um tratamento mais rápido, porém requer anestesia geral. 

São também realizados antibióticos para prevenir infeções secundárias, e anti-inflamatórios para diminuir a inflamação dos tecidos e ajudar na cicatrização. 

 

Prognóstico 

Os otohematomas, mesmo depois de devidamente tratados, têm tendência a recidivar, principalmente se a causa primária não estiver controlada. É importante então controlar da melhor forma as patologias primárias, principalmente otites e dermatites atópicas, tentando impedir assim a formação de otohematomas. Melhor do que tratar um otohematoma é impedir o seu aparecimento. 

Assim que notar alguma alteração nas orelhas do seu patudo deve agendar uma consulta com o seu médico-veterinário habitual. Quanto mais cedo for identificado e tratado o problema, melhor é o prognóstico. 

Reconhece estes sintomas?

Se acha que o seu cão pode sofrer de Otohematoma, fale connosco!

Marque uma consulta!

Artigos Relacionados

Serviços de Veterinário em Casa

Serviços de SPA Sobre Rodas

Quero marcar um banho ou tosquia ao domicílio
Quero marcar um serviço de Creche Canina
Quero marcar uma consulta em Clínica

Conseguiram tratar da minha pequenina que tinha muito medo, e estando em casa está no seu habitat natural!

Fábio Teixeira
ver vídeo
Fábio Teixeira

Excelente consulta ! A gata precisava de ser vacinada e resolvi o meu problema !

Margarida Franco
ver vídeo
Margarida Franco

Onde atuamos

Oferecemos um serviço veterinário profissional para o seu animal de estimação, no seu ambiente natural: a sua própria casa.
Deslocamo-nos em toda a área de:

Grande Lisboa
Ericeira
Mafra
Margem Sul
Setúbal
Carregado
Samora Correia
Benavente
Grande Porto
Vila Nova de Gaia
Matosinhos
Maia
Póvoa de Varzim
Vila do Conde
Braga
Guimarães
Famalicão
Aveiro
Ovar
Oliveira de Azemeis
SJ Madeira
Lagos
Portimão
Silves
Armação de Pera
Albufeira
Quarteira
Loulé
Faro
Olhão
São Brás de Alportel
Tavira
Algoz
Veterinário ao Domicílio

Fale connosco, nós vamos até si!

Usufrua dos nossos serviços veterinários no conforto da sua casa. Conheça os nossos serviços e marque já!