Marque Connosco
Veterinários Sobre Rodas
Síndrome de Cushing em cães

O Síndrome de Cushing ou Hiperadrenocorticismo (HAC) trata-se de uma endocrinopatia na qual as glândulas adrenais produzem uma hormona, cortisol, em excesso. O cortisol tem várias funções, como por exemplo:

  • Ajudar na resposta inflamatória das defesas do organismo;
  • Controlar os níveis de açucar no sangue;
  • Manter a pressão sanguínea;
  • Regula o metabolismo das proteínas, gorduras e hidratos de carbono.

A produção desta hormona é regulada por outras hormonas produzidas pelo hipotálamo e pela hipófise (localizados no cérebro). O hipotálamo produz uma hormona (corticotrofina) que atua na hipófise fazendo esta libertar outra hormona chamada adrenocorticotrófica (ACTH).

Esta hormona ACTH vai estimular a síntese de cortisol pelas glândulas adrenais (situadas ao lado dos rins). Em condições normais quando há um aumento dos valores de cortisol, o hipotálamo e hipófise diminuem a quantidade de hormonas que produzem.

Porém, algumas patologias podem originar uma contínua produção de cortisol. Existem 3 causas para este aumento:

  • Massa (maligna ou benigna) na hipófise – massa na hipófise que causa excesso de produção da hormona ACTH e consequentemente aumento constante dos valores de cortisol (causa mais comuns de hiperadrenocorticismo);
  • Massa na Glândula Adrenal – esta massa estimula a produção constante de cortisol;
  • Iatrogénico – a doença é causada por uso prolongado e excessivo de glucocorticoides;

É uma doença séria que afeta mais os cães de meia-idade ou idosos, afetando igualmente fêmeas e machos. Algumas raças que apresentam maior predisposição são: Poodle, Beagle, Yorkshire Terrier, Boxers, entre outras.

Cushing em cães

Sinais Clínicos do Síndrome de Cushing em cães

Vários são os sinais clínicos desta doença, e muitos são idênticos a outras patologias. É também comum os tutores confundirem os sinais clínicos com as alterações próprias da idade. Alguns sinais vão ser subtis numa fase inicial, e com o progredir da doença estes sinais vão ficando mais intensos e outros novos surgirão. É, portanto, usual a deteção da doença ser apenas realizada numa fase um pouco mais avançada.

Os sinais mais comuns da doença são:

  • Polidipsia (sede), e consequente poliúria (aumento da quantidade de urina excretada);
  • Aumento do apetite;
  • Alterações na pele e pêlo – perda de pelo numa área bem definida (geralmente o flanco);
  • Atrofia e fraqueza muscular;
  • Abdómen pendular;
  • Feridas cicatrizam mais lentamente;
  • Pode originar sintomas do sistema nervoso (depressão, cegueira ou convulsões).

 

Diagnóstico do Síndrome de Cushing em cães

O diagnóstico definitivo da doença não é realizado com um único teste. Teste de estimulação com ACTH, teste de supressão com dexametasona e dosagem de concentração de ACTH e cortisol são alguns dos testes mais específicos para confirmar a doença.

A ecocardiografia pode confirmar a presença de uma massa nas glândulas adrenais, e a ressonância magnética pode confirmar a presença de uma massa na hipófise. Porém, outros exames deverão ser realizados para controlar todo o estado clínico do animal, tais como: hemograma, bioquímicas séricas, análise de urina e radiografia.

Hiperadrenocorticismo em cães

Tratamento do Síndrome de Cushing em cães

O tratamento do Síndrome de Cushing em cães depende da origem da doença. Se a origem for iatrogénica então será necessário controlar a dose da medicação que está a administrar, ou parar por completo a sua administração (contudo, provavelmente aparecerá novamente a doença primária).

Se a origem for tumoral, o tratamento pode passar por cirurgia. Caso esta opção não seja viável é possível controlar a quantidade de cortisol em circulação com uso de medicação, especificamente o trilostano.

Esta medicação é concebida para diminuir a produção de cortisol pelas glândulas adrenais, mas não diminui o tamanho da massa, seja ela hipofisária ou adrenal. A monitorização do animal deve ser cuidadosa.

É uma doença que, caso não seja controlada, pode ser mortal.

 

Prevenção do Síndrome de Cushing em cães

Não existe uma forma de prevenir o Síndrome de Cushing se a causa for uma massa adrenal ou hipofisária. A única coisa que conseguimos controlar é a administração de glucocorticoides de forma a diminuir ao máximo a probabilidade de provocar hiperadrenocorticismo iatrogénico.

 

Prognóstico do Síndrome de Cushing em cães

Quando o Síndrome de Cushing é provocado por uma massa hipofisária benigna, é possível controlar o animal por longos períodos de tempo com uma qualidade de vida boa. Caso a massa seja maligna, o prognóstico já é bastante pior. Em situações de em que a massa é benigna, mas grande, afetando o cérebro e as estruturas envolventes, o prognóstico é fraco.

Em casos de Síndrome de Cushing em cães provocado por massas adrenais benignas, após remoção cirúrgica do mesmo, o prognóstico é bastante favorável. Em situações de massa maligna, o prognóstico diminuí consideravelmente.

Cushing em cães

Artigos Relacionados

16 Dezembro 2021 Doenças Melanoma em animais

Serviços de Veterinário em Casa

Serviços de SPA Sobre Rodas

Quero marcar um banho ou tosquia ao domicílio
Quero marcar um serviço de Creche Canina
Quero marcar uma consulta em Clínica

Conseguiram tratar da minha pequenina que tinha muito medo, e estando em casa está no seu habitat natural!

Fábio Teixeira
ver vídeo
Fábio Teixeira

Excelente consulta ! A gata precisava de ser vacinada e resolvi o meu problema !

Margarida Franco
ver vídeo
Margarida Franco

Onde atuamos

Oferecemos um serviço veterinário profissional para o seu animal de estimação, no seu ambiente natural: a sua própria casa.
Deslocamo-nos em toda a área de:

Grande Lisboa
Ericeira
Mafra
Margem Sul
Setúbal
Carregado
Samora Correia
Benavente
Grande Porto
Vila Nova de Gaia
Matosinhos
Maia
Póvoa de Varzim
Vila do Conde
Braga
Guimarães
Famalicão
Aveiro
Ovar
Oliveira de Azemeis
SJ Madeira
Lagos
Portimão
Silves
Armação de Pera
Albufeira
Quarteira
Loulé
Faro
Olhão
São Brás de Alportel
Tavira
Algoz
Veterinário ao Domicílio

Fale connosco, nós vamos até si!

Usufrua dos nossos serviços veterinários no conforto da sua casa. Conheça os nossos serviços e marque já!