A dirofilariose é uma doença zoonótica, provocada por parasitas das espécies Dirofilaria immitis e Dirofilaria repens. A espécie D. immitis é a que se reveste de maior importancia dado os parasitas adultos se alojarem no coração e artérias pulmonares dos hospedeiros. Em Portugal a prevalência da infeção por D. immitis em cães é de cerca de 12% (12 em cada 100 cães). Para além dos cães estes parasitas podem afetar também os gatos e os humanos. 


Transmissão da Dirofilariose Canina

A transmissão dos parasitas responsáveis pela dirofilariose canina é levada a cabo por mosquitos. Nos países do hemisfério norte, onde se inclui Portugal, o pico de transmissão ocorre classicamente nos meses de julho e agosto. 

 

Ciclo do parasita

De forma simples, e no que diz respeito a D. immitis, após a picado de um mosquito infetado, os parasitas são inoculados na corrente sanguínea dos cães. Os parasitas passam por um processo de migração complexo até alcançarem as artérias pulmonares e o coração, locais onde se desenvolvem em estados adultos e acasalam. As fêmeas dão assim origem a microfilárias que entram na corrente sanguínea com o objetivo de infetar os mosquitos por forma a perpetuar o ciclo de vida na natureza. A duração do ciclo do parasita é relativamente longa, variando entre os seis e os nove meses. Os estados adultos podem sobreviver durante vários anos no hospedeiro vertebrado.

 

Saiba quais são as zonas do país mais afectadas pela doença.

A dirofilariose canina é considerada uma doença endémica em Portugal, sendo particularmente incidente no Algarve, Ribatejo e na Madeira.


Quais são os sintomas da Dirofilariose?  

Uma boa parte dos cães infetados não apresenta quaisquer sintomas. Os sintomas associados à dirofilariose canina por D. immitis tendem a desenvolver-se de forma gradual e podem começar com uma tosse crónica que pode ser seguida por episódios de dificuldade respiratória, fraqueza e às vezes síncope após exercício ou situações de maior agitação. Dependendo do estado da infeção é comum o animal perder peso podendo acumular líquido no abdómem e apresentar os membros inchados.

Dirofilariose Canina

Como se faz o diagnóstico da Dirofilariose? 

O diagnóstico de dirofilariose canina pode ser realizado através de:

  • Microscopia 
  • Testes serológicos
  • Radiografia
  • Ecografia

Gostava de fazer o rastreio de dirofilariose ao seu cão em sua casa? Os Veterinários Sobre Rodas dispõem de um serviço de rastreio de dirofilariose canina ao domicílio.  No conforto do seu lar, através de uma simples gota de sangue, ficará a saber em poucos minutos se o seu animal está infetado com o parasita responsável pela dirofilariose. Contacte-nos!

Dirofilariose Canina

Existe tratamento para a Dirofilariose?

Sim, existe tratamento para a dirofilariose canina. Todavia, o tratamento é extremamente complexo pelo risco de complicações tromboembólicas. O tratamento clássico da dirofilariose canina compreende a administração de anti-helmínticos, que visam a eliminação dos parasitas, e terapia de suporte por forma a minimizar a ocorrência de efeitos secundários associados à morte dos parasitas adultos.

 

Prevenção da Dirofilariose Canina

A adoção de estratégias de controlo efetivas é sem dúvida a melhor aposta para uma correta prevenção da dirofilariose canina. Por forma a minimizar o risco de infeção é importante proteger o seu cão com repelentes de mosquitos, como é o caso de algumas pipetas e coleiras. Adicionalmente é aconselhado fazer prevenção através fármacos que visam eliminar os parasitas aquando da sua inoculação pelos mosquitos vetores. Estes fármacos devem ser administrados ou aplicados desde a primavera ao outono por forma a abranger o período de maior atividade dos mosquitos. Os Veterinários Sobre Rodas dispõem de um serviço de excelência de prevenção de dirofilariose canina, adaptado tanto às características do seu animal como ao risco de infeção.

área de actuação

Oferecemos um serviço veterinário profissional para o seu animal de estimação, no seu ambiente natural: a sua própria casa. Deslocamo-nos em toda a área de :

Lisboa
Lisboa

Grande Lisboa , Ericeira , Mafra, Margem Sul e Setúbal

Porto
Porto

Grande Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Maia, Póvoa de Varzim e Vila do Conde

geral@vetsobrerodas.pt 917002923
marcar consulta online