A otite canina ou otite em cães é uma doença relativamente comum, constituindo uma das principais razões que levam os tutores de cães a procurarem ajuda médico-veterinária. Tem um cão com dor de ouvido? A dor de ouvido canina está muitas das vezes associada a quadros de otite. Se o seu cão apresenta desconforto auricular, não hesite, entre em contacto com os Veterinários Sobre Rodas ao Domicílio.

 

O que é otite canina?

A otite canina é a inflamação do ouvido dos cães. 

 

Tipos de otite canina

A otite canina pode ser classificada em otite externa, otite média ou otite interna, de acordo com as estruturas auriculares comprometidas.

 

Otite externa canina

A otite externa é uma inflamação aguda ou crónica do canal auditivo externo. Trata-se do tipo de otite em cães mais comum e menos grave. A otite externa pode ser aguda ou crónica (otite persistente ou recorrente com duração de 3 ou mais meses), podendo afetar um (unilateral) ou ambos (bilateral) canais auditivos. A levedura Malassezia é o agente infecioso mais frequentemente identificado em cães com otite externa, em particular em casos agudos. Por sua vez a bactéria Pseudomonas aeruginosa é o organismo mais comum associado à otite externa crónica em cães.

Se não tratada de forma adequada a otite externa pode evoluir para casos complicados de otite média e interna.

 

Otite média canina

A otite média é uma extensão comum da otite externa, sendo secundária em até 50% dos casos de otite externa crónica. Alterações neurológicas podem estar presentes neste tipo de otite. A ausência de membrana timpânica é sugestiva deste tipo de otite, sendo fundamental um exame otoscópico cuidado.

 

Otite interna canina (labirintite canina)

A otite interna canina, como o próprio nome sugere, é uma inflamação das estruturas do ouvido interno, incluindo parte do sistema vestibular. O sistema vestibular está diretamente relacionado com o equilíbrio e a orientação. Para além dos sinais clínicos tipicamente associados às otites externa e média, é frequente os cães com otite interna apresentarem sintomatologia neurológica.

Se não tratada atempadamente, a otite interna pode dar origem a um quadro grave de meningoencefalite.

O que causa a otite canina

A otite canina é uma afeção de origem multifatorial. De uma forma genérica, no que diz respeito à otite canina externa, o tipo mais comum, podemos classificar as suas causas de duas formas, as causas primárias e as causas secundárias.

As causas primárias, como o próprio nome sugere, são causas que desencadeiam a inflamação num ouvido saudável, como é o caso das neoplasias, parasitas (Octodectes cynotis, por exemplo), corpos estranhos, alergias alimentares e atopia.

Por sua vez, as causas secundárias, são aquelas que intensificam a inflamação, tais como as bactérias e as leveduras.

No entanto, existem ainda os chamados fatores predisponentes (orelhas pendentes, por exemplo), que aumentam o risco de desenvolvimento de otite, e os fatores perpetuantes, que exacerbam o processo inflamatório e impedem a sua resolução (espessamento do canal auricular, por exemplo).

Otite Canina

Sintomas da otite canina

Se pesquisou por “otites cães” ou “otite cachorro”, é porque muito provavelmente reparou em algum sintoma de otite no seu cão. Os sintomas e sinais mais comuns de otite em cães são:

  • Coçar frequentemente os ouvidos
  • Dor ao manipular o ouvido
  • Agitação da cabeça
  • Inclinação da cabeça
  • Secreção ocular
  • Mau odor do ouvido
  • Distúrbios neurológicos (desequilíbrio e oscilações repetidas dos olhos, por exemplo)  
  • Hematomas

 

Como tratar a otite canina

O tratamento da otite canina deve ser iniciado após a realização de um exame auricular cuidado e de uma análise citológica, que permite não só confirmar a presença de otite, mas também identificar agentes infeciosos. De uma forma geral, o tratamento não deve basear-se apenas na aplicação ou administração de um medicamento para a otite, mas sim numa abordagem integrativa que inclua a limpeza do canal auricular e a aplicação de substâncias farmacológicas selecionadas de acordo com o agente infecioso envolvido.

É essencial identificar a causa primária da otite canina. Em casos crónicos, caracterizados por espessamento exuberante do canal auditivo, pode haver a necessidade de se realizar uma intervenção mais invasiva, com o intuito de abrir o canal para permitir a correta aplicação da medicação.

 

Otite canina: medicação

A maioria dos casos de otite canina externa são resolvidos com a aplicação tópica de formulações químicas específicas. Quando se fala em "medicamento para otite canina", geralmente refere-se à combinação de substâncias farmacológicas que permitam abranger os principais agentes responsáveis pelas otites. Estão disponíveis no mercado diversas preparações auriculares que contêm várias combinações de glucocorticoides, antibióticos, acaricidas e fungicidas.

Se tem dúvidas acerca da medicação indicada para o seu cão, contacte-nos para obter mais informações.

 

Antibiótico para otite canina

"Otite canina tratamento antibiótico" é uma das questões frequentemente colocadas pelos tutores de cães.

Os antibióticos tópicos estão indicados para o tratamento de infeções bacterianas. Muitos destes antibióticos encontram-se em preparações que também contêm antifúngicos, acaricidas e corticóides. Alguns dos antibióticos de primeira linha usados no tratamento da otite em cães incluem gentamicina, enrofloxacina e neomicina com polimixina B.

 

Como prevenir a otite canina

Prevenir é o melhor remédio. As principais medidas de prevenção da otite canina são:

  • Exame auricular de rotina por um Médico-veterinário.
  • Manter os ouvidos secos. Deverá ter especial atenção após atividades na água ou banhos.
  • Limpar rotineiramente os ouvidos com soluções apropriadas para o efeito.

 

Otite canina: consulta veterinária ao domicílio

Os Veterinários Sobre Rodas dispõem de um serviço de excelência ao domicílio especialmente direcionado para as patologias auriculares, que inclui a realização de exame otoscópico, análise citológica e instauração da terapêutica adequada.

área de actuação

Oferecemos um serviço veterinário profissional para o seu animal de estimação, no seu ambiente natural: a sua própria casa. Deslocamo-nos em toda a área de :

Lisboa
Lisboa

Grande Lisboa , Ericeira , Mafra, Margem Sul e Setúbal

Porto
Porto

Grande Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Maia, Póvoa de Varzim e Vila do Conde

geral@vetsobrerodas.pt 917002923
marcar consulta online