A parvovirose canina é uma doença viral extremamente contagiosa, que pode ser fatal se não for diagnosticada e tratada precocemente.

Apesar da parvovirose ser mais comum em cachorros entre as 6 semanas e os 4 meses de idade, também os animais mais velhos podem ser afetados.

Quando se fala de parvovirose canina, prevenir é definitivamente o melhor remédio. A vacina para a parvovirose pode salvar a vida do seu cão/cachorro.

Saiba tudo sobre a parvovirose em cães com a ajuda dos Veterinários Sobre Rodas ao Domicílio.

O que é a parvovirose?

A parvovirose é uma doença viral causada por um virus de pequenas dimensões, chamado parvovírus canino tipo 2.

O vírus encontra-se disperso por todo o mundo, e é responsável por quadros graves de enterite hemorrágica aguda e miocardite, levando à morte de muitos animais todos os anos. A parvovirose é uma doença que pode afetar cães de todas as idades, sendo, no entanto, muito mais frequente em cachorros não vacinados entre as 6 semanas e os 4 meses de idade.

 

O que causa a parvovirose?

A parvovirose em cães é causada por um vírus pertencente à família Parvoviridae, o parvovírus canino tipo 2. O termo “parvo” significa pequeno em latim, refletindo as dimensões pequenas do vírus.

A título de curiosidade, estudos científicos sugerem que o parvovírus canino tipo 2, responsável pela parvovirose em cães, resulta de mutações genéticas do vírus da panleucopenia felina, uma doença também ela grave que afeta os gatos.
 

Transmissão da parvovirose

A transmissão da parvovirose ocorre maioritariamente através do contacto directo cão-cão ou pelo contacto com fezes, alimento, água, objetos (sapatos, trelas e coleiras, por exemplo) ou superfícies contaminadas (chão do canil, por exemplo) com o vírus.

O virus responsável pela parvovirose em cães é resistente a diversas condições atmosféricas, podendo permanecer no ambiente por longos períodos de tempo.

 

Parvovirose – quais os sintomas?

Os sintomas que mais frequentemente estão associados à parvovirose canina são:

  • Letargia
  • Prostração
  • Perda de peso
  • Perda de apetite
  • Febre elevada
  • Vómito
  • Diarreia

Qual o tratamento indicado para a parvovirose canina?

O tratamento indicado para a parvovirose canina é variável consoante a gravidade do quadro clínico, passando maioritariamente por uma terapia de suporte que tem como objetivo prioritário restaurar o equilíbrio hidroeletrolítico (com soluções de cloreto de potássio, por exemplo), dado que pela diarreia e pelo vómito o animal perde grandes quantidades de água e eletrólitos.

Os antibióticos de largo espectro assumem também um papel muito importante devido ao risco de septicemia.

No caso da parvovirose canina “a prevenção é o melhor remédio”.

Vacine o seu animal. A vacina da parvovirose pode ser administrada ao domicílio, saiba como com os Veterinários Sobre Rodas.

 

Parvovirose tem cura?

Em alguns casos a parvovirose tem cura. À semelhança da maioria das doenças virais, não existe nenhum tratamento específico para a parvorirose canina, pelo que a cura clínica está dependente do desenvolvimento de uma resposta imunológica eficaz por parte do cão.

Quanto mais depressa for feito o diagnóstico de parvovirose e iniciada a terapia de suporte, maior a probabilidade de cura.

área de actuação

Oferecemos um serviço veterinário profissional para o seu animal de estimação, no seu ambiente natural: a sua própria casa. Deslocamo-nos em toda a área de :

Lisboa
Lisboa

Grande Lisboa , Ericeira , Mafra, Margem Sul e Setúbal

Porto
Porto

Grande Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Maia, Póvoa de Varzim e Vila do Conde

geral@vetsobrerodas.pt 917002923
marcar consulta online