0 produtos

Não foram encontrados resultados para a sua pesquisa

A suplementação animal consiste no processo de adição de nutrientes específicos aos alimentos por forma a regular os níveis certos destes elementos na dieta ou compensar alguma deficiência nutricional. 

A suplementação canina e a suplementação felina têm como principais objetivos, melhorar a função digestiva e promover a vitalidade e a regeneração orgânica.

 

Suplementos para cães

Salvo situações excecionais, a suplementação canina tende a ser contraindicada, uma vez que os alimentos de qualidade superior têm a quantidade correta de nutrientes para suprimir as necessidades fisiológicas do seu cão. Em algumas situações, como é o caso da disbiose (termo médico para perturbação do equilíbrio da flora intestinal), pode ser benéfico suplementar a ração com um probiótico para cães. 

Em cães de raça grande é frequente a suplementação com protetores articulares como é o caso da glucosamina e do sulfato de condroitina. Já os cães com problemas de pele (descamação da pele, por exemplo) beneficiam de suplementos à base de ácidos gordos como é o caso do ómega 6.

 

Suplementos para gatos

À semelhança dos cães, as rações de qualidade para gatos, dispensam a adição de suplementos. A suplementação felina, está também ela aconselhada em situações pontuais como é, por exemplo, o caso da disbiose, através da administração de probiótico para gatos, de problemas de pele, através da administração/aplicação tópica de ácidos gordos, e de suporte da função urinária, através da administração de suplementos contendo glucosaminoglicanos, ácido hialurónico, ómega 3 e L-triptofano.